Escolha uma Página
A Receita de Vatapá é uma das mais antigas quando falamos em culinária típica baiana, seu gosto é irresistível e sua receita é fácil e rápida de ser feita.

Olá, tudo bem?

Hoje falaremos melhor sobre a história de um dos alimentos consagrados da culinária baiana, que veio diretamente do continente africano para cá há mais de 5 séculos.

Além disso, traremos informação sobre o melhor local para você encontrar esse prato típico, e também outras receitas deliciosas da região nordestina na Bahia.

Então, caso queira aprender a como preparar a Receita de Vatapá e conhecer melhor sobre a sua história aqui no Brasil, acompanhe-nos até o final e deixe um comentário.

Afinal, sua opinião é de suma importância para que continuemos a trazer um conteúdo de qualidade aqui para o blog. Sem maiores delongas, vamos lá.

Leia conosco!

História da Receita de Vatapá

História do Vatapá

História do Vatapá

Assim como a de acarajé, a receita de vatapá possui sua história e suas raízes advindas da África, esse continente com uma cultura tão vasta quando o assunto é culinária.

Na história do acarajé, contamos que árabes levaram a receita até a África, onde sofreu algumas mudanças em relação a receita original do alimento.

A história da receita de vatapá não muda muito, pelo contrário, é bastante semelhante se pararmos para analisar todo o caminho que o alimento percorreu até chegar ao Brasil.

Novamente, essa receita chegou ao continente africano por meio de comerciários árabes, que amavam um comida apimentada logo pela manhã.

Dessa forma, os africanos introduziram o alimento que era fácil e barato de ser produzido a sua dieta.

Foi então que começou a comercialização de escravos pelo atlântico, fato que sujou a história da humanidade de maneira sem igual.

Devido a este acontecimento, a receita de vatapá, assim como várias outras da culinária africana chegou até o Brasil por meio dos Iorubá.

Eles trouxeram o alimento até a Bahia. Seu nome original era ehba-tapá.

Popular em outros estados

Como você deve saber, ao chegarem aqui os escravos foram distribuídos por estados brasileiros conforme a demanda de serviço.

Dessa forma, a receita de vatapá também se popularizou em outros estados, aos quais ainda eram conhecidos como capitanias.

Assim, criou-se algumas outras receitas específicas, já que alguns ingredientes eram típicos apenas da Bahia para a época.

A receita de vatapá da Bahia também já era única, isso porque muitos ingredientes da África não eram encontrados aqui, assim o alimento possuiu algumas mudanças, como a adição do azeite de dendê, ingrediente típico baiano.

Além da Bahia, estados como Amapá, Amazonas, Pará e Rondônia, também receberam esse alimento de braços abertos em sua culinária.

Nestes estados alguns ingredientes diferentes foram adicionados e outros comuns retirados, como é o caso da ausência de amendoim na receita de vatapá típica da região norte de nosso país.

Dessa forma, podemos saborear diversas receitas caso viajarmos o Brasil em estados e regiões diferentes, principalmente pelo norte e nordeste do Brasil.

Acompanhamentos e Ingredientes Muito Utilizados

Acompanhado de acarajé

Acompanhado de acarajé

Como mencionamos logo acima, existem variações da receita de vatapá. Portanto, a variedade de ingredientes utilizados é bem grande.

Ele também serve de acompanhamento ao acarajé, outro alimento típico baiano consumido principalmente no café da manhã.

O seu preparo pode incluir pão molhado ou farinha de rosca, fubá, gengibre, pimenta-malagueta, amendoim, cravo, castanha de caju, leite desnatado, azeite de oliva, cebola, alho e tomate.

Pode ser preparado com camarões frescos inteiros, ou secos e moídos, com peixe, com bacalhau ou com carne de frango, acompanhados de arroz. A sua consistência é cremosa!

Receita de Vatapá

Receita de Vatapá

Receita de Vatapá

Bom, agora que já lemos um pouco mais sobre os ingredientes e também sobre a história da receita de vatapá, vamos aprender a fazê-la.

Então, pegue um lápis e um papel e preste atenção aos detalhes do modo de preparo. Leia:

Ingredientes

  • 500 g de camarão seco;
  • 2 litros de leite de coco;
  • 150 g de amendoim torrado e sem a pele;
  • 150 g de castanha de caju;
  • Cheiro-verde a gosto;
  • Coentro a gosto;
  • 4 tomates picados;
  • 2 cebolas grandes picadas;
  • 2 xícaras de azeite de dendê;
  • 1 colher de azeite de oliva;
  • 3 xícaras de farinha de trigo ou aproximadamente 10 pães franceses amanhecidos;
  • Sal a gosto;
  • 1 pequeno pedaço de gengibre ralado.

Modo de preparo

  • Limpe os camarões, tirando a calda e a cabeça, separando a metade.
  • Bata no liquidificador o amendoim, as castanhas e metade dos camarões até virar uma farofa homogênea.
  • Dissolva a farinha de trigo em 1/2 litro de leite de coco frio.
  • Se estiver usando pão, coloque de molho na mesma quantidade de leite de coco.
  • Coloque o restante do leite de coco na panela.
  • Bata os temperos no liquidificador, coloque a panela no fogo e acrescente a farinha dissolvida, ou os pães, os temperos batidos e a farofa de camarão, amendoim e castanha. Não pare de mexer para não embolar.
  • Acrescente o dendê, o azeite de oliva a outra metade dos camarões inteiros, o sal e o gengibre.
  • Continue a mexer até ferver bem.
  • O vatapá deve ficar com uma consistência firme, mas cremosa. Se ficar muito duro, acrescente mais leite de coco, se ficar muito mole, acrescente mais farinha de trigo ou pão.

Conheça Trancoso

Trancoso além de ser linda por si só, possui uma série de atrações para curtir tanto sozinho, quanto junto aos amigos e familiares.

Podendo encontrar tanto praias próximas de grandes centros, quanto algumas mais afastadas e bem exclusivas.

A gastronomia daqui é de ficar com água na boca, portanto, caso esteja buscando por aquela receita de vatapá tipicamente baiana, dentre outros pratos típicos da região, encontrou a praia perfeita para sua viagem.

Um aeroporto exclusivo e um clube de golfe que fornece até mesmo aulas aos que nunca praticaram o esporte são algumas das atrações que o Condomínio Terravista oferece.

O Terravista Brasil é um complexo que engloba arte, lazer, esporte, sossego e muito luxo para seus visitantes e moradores.

E então, está esperando o quê para visitar Trancoso e saborear o melhor vatapá de todo o nordeste brasileiro?

Trancoso Bahia

Trancoso Bahia

E então, o que achou do conteúdo que trouxemos? Sabia que a história desse alimento era tão rica e que ele também se encontra de formas alternativas em outros estados brasileiros? Ficou com alguma dúvida em relação a receita? Conte a nós, comente abaixo!

Até a próxima!

Conheça o nosso conceito!

Facebook Comments

Precisa de ajuda?Fale conosco