Oswald de Andrade é um dos maiores nomes de literatura moderna brasileira.

Olá, tudo bem?

Irreverente, cheio de energia e talento, assim era conhecido Oswald.

Foi assim que tornou o movimento Modernista respeitado no Brasil inteiro.

Dessa forma, fez com que a Semana da Arte Moderna se tornasse um grande marco na história artística brasileira.

Mas, quem verdadeiramente foi o escritor?

Quais os detalhes mais íntimos de sua vida?

Falaremos disso hoje mesmo!

Portanto, caso queira conhecer ainda melhor sobre a vida pessoal e artística de Oswald de Andrade, acompanhe-nos até o final do conteúdo e deixe um comentário caso possuir alguma dúvida.

Dessa forma, iremos lhe ajudar!

Vamos lá, leia conosco!

Quem foi Oswald de Andrade?

Quem foi Oswald de Andrade?

Mas afinal, quem foi Oswald de Andrade?

Oswald de Andrade é um dos artistas mais conhecidos do movimento modernista no Brasil.

Mas, sua história vai muito além do que apenas um tipo de arte.

Oswald é conhecido como um dos poliartistas brasileiros.

Isso porque o brasileiro que marcou época no início do século XIX, sendo poeta, dramaturgo, ensaísta e escritor brasileiro.

Assim, consagrou-se no cenário nacional.

E desde então é reconhecido como um dos principais embaixadores do movimento modernista no Brasil.

Assim, suas obras são lidas e relidas até hoje por diversos críticos e movimentos literários.

O Modernismo e suas Classes

Assim como qualquer outro movimento artístico no mundo, o Modernismo também possui as suas classes.

Literária, dramaturga, instalações, peças e quadros são algumas das principais.

Portanto, é comum ver artistas renomados no meio que nunca pintaram um quadro sequer.

Aliás, é muito mais do que comum.

Acontece que os quadros ficam mais famosos por sua íntima ligação com a expressão plena da arte.

Oswald de Andrade é um desse artistas de linhas alternativas.

Dessa forma, ele é considerado como um dos grandes nomes modernistas literários brasileiros, se não o maior.

Continue lendo conosco e entenda melhor sobre sua vida pessoal e história na arte!

Temperamento Irreverente e Combativo

Irreverente e combativo

Mas, se pudermos classificar a personalidade de Oswald de uma só maneira, seria como irreverente e combativo.

Ficou conhecido por buscar arte onde já não se encontrara nada.

Era alegre e enérgico, sendo essas as duas principais características de sua personalidade.

Aqui em nosso blog já trouxemos um conteúdo exclusivo sobre a vida de Anita Malfatti.

Nele, mencionamos a importante presença de Oswald de Andrade na carreira de Anita.

Como é de conhecimento geral no mundo da arte, sem a intervenção de Oswald na vida de Anita, talvez a mesma nunca teria se tornado a grande artista que foi.

A verdade é que ela sempre foi, mas foi ele que fez o mundo enxergar isso.

Portanto, Oswald de Andrade era um artista de primeira mão, que buscava mostrar ao mundo todas as faces da arte.

Independentemente do gosto daqueles que a criticavam.

Continue lendo conosco!

Vida Pessoal

Assim como na carreira, sua vida pessoal é repleta de informações alternadas.

São elas que formaram a carreira e personalidade do artista.

Oswald era filho único de José Oswald Nogueira de Andrade e de Inês Henriqueta Inglês de Sousa de Andrade.

Formou-se em Direito no Largo São Francisco em 1919.

Sua mãe era irmã do escritor Inglês de Sousa, talvez dessa informação saia seu amor pela escrita e poesia.

Além disso, ele colaborou como um dos redatores principais da Revista Contemporânea, que atuou em Lisboa por 4 anos seguidos.

Entre 1922 e 1926.

O convite para fazer parte do grupo de redatores surgiu justamente logo após a Semana da Arte Moderna, a qual foi um dos principais organizadores.

Já na vida amorosa, novamente podemos citar as mudanças.

Isso porque Oswald de Andrade foi casado duas vezes em sua vida, com duas mulheres de personalidade extremamente forte.

A primeira, Tarsila do Amaral, que também já recebeu um conteúdo exclusivo aqui em nosso blog.

Entre os anos de 1926 e 1929.

Sua segunda esposa foi a mulher que era conhecida como “Pagu”, Patrícia Rehder Galvão.

Ela também foi um grande nome da arte moderna no Brasil.

Foi uma escritora, poetisa, diretora, tradutora, desenhista, cartunista, jornalista e militante da política brasileira.

O relacionamento ocorreu entre os anos de 1930 e 1935.

Principais Obras

Oswald de Andrade

Mas e suas obras, quais são as principais?

Conforme mencionamos, todas elas são literárias.

Esse foi o meio de destaque na vida artística de Oswald.

Leia conosco e busque conhecer um pouco melhor sobre cada uma delas logo após a leitura!

Veja:

Poesia

  • Pau-Brasil, 1925;
  • Primeiro Caderno do Aluno de Poesia Oswald de Andrade; 1927;
  • Cântico dos Cânticos para Flauta e Violão, 1942;
  • O Escaravelho de Ouro, 1946;
  • O Cavalo Azul, 1947;
  • Manhã, 1947;
  • O Santeiro do Mangue 1950.

Romance

  • Os Condenados (trilogia), 1922 à 1934;
  • Memórias Sentimentais de João Miramar, 1924;
  • Serafim Ponte Grande, 1933;
  • Marco Zero I – A Revolução Melancólica, 1943;
  • Marco Zero II – Chão, 1945.

Teatro

  • Mon Coeur Balance – Leur Âme – Histoire de La Fille Du Roi (parceria com Guilherme de Almeida), 1916;
  • O Homem e o Cavalo, 1934;
  • A Morta pelo Homem, 1937;
  • O Rei da Vela; primeira encenação de seus textos em 1967, pelo Teatro Oficina de São Paulo, 1937.

E então, gostou de conhecer ainda melhor sobre a vida pessoal e profissional de Oswald de Andrade?

Já conhecia alguma de suas obras? Qual delas?

Ficou alguma dúvida em relação ao conteúdo que trouxemos hoje? Conte a nós, comente abaixo!

Até a próxima!

Conheça o Teatro L'Occitane

Facebook Comments

Fale conosco