Escolha uma Página

Com certeza você já ouviu falar sobre o carnaval no Brasil, mas é na Bahia que a festa toma outra proporção. Conheça o carnaval de Salvador e as festas baianas!

A Bahia é terra de lindas paisagens e praias paradisíacas. Com o começo de março chegando, o estado é visitado por pessoas de todo o país. Estes, vão à Bahia no intuito de se divertir nas folias e blocos que acontecem durante o famoso carnaval de Salvador.

Apesar de muito conhecida, ainda existem outros blocos, atrações e eventos espalhados por todo o estado!

O Carnaval baiano

A maior festa popular brasileira e tem uma longa história na Bahia. Antigamente, a celebração era realizada de jeitos diferentes de acordo com a classe social.

Isto é, as pessoas mais ricas e de classe alta passavam o carnaval em clubes privados. Enquanto isso, os mais pobres e de classes mais baixas se divertiam durante a noite em folias de rua.

Essa divisão do carnaval provocou uma inversão da ordem social. Assim o carnaval começou a evoluir, a partir da diferença das diversas classes sociais da Bahia. Ao longo do tempo se transformou numa festa onde a desigualdade social é temporariamente suspensa.

Turismo

carnaval de salvador

Durante o carnaval, a economia do estado recebe um enorme impulso. Isso acontece devido a quantidade de pessoas que participam da celebração. O carnaval baiano, e principalmente o carnaval de Salvador, recebe anualmente cerca de 2 milhões de pessoas.

Essas pessoas, se entregam para a música e a dança durante uma semana. O carnaval sempre acontece numa noite de quinta-feira ou seis dias antes da quarta-feira de cinzas. Portanto, vários setores, em destaque o comércio, tem um lucro muito acima da média durante as comemorações.

Durante 16 horas do dia nossa cultura e nossas tradições são comemoradas com um só lema: “Bahia, a maior explosão de alegria”. Apesar do bem que a festa proporciona a economia local, ela também tem lados negativos.

Todos os anos o carnaval traz junto com seus milhões de turistas muito lixo. Sujeira e agressões ao meio ambiente são comuns nessas festas. Ainda assim, a festa é o maior empregador da Bahia.

Mais de 200.000 pessoas trabalham com atividades ligadas ao Carnaval. Além disso a policia tem que lidar constantemente com confusões e problemas de segurança, e um posto de primeiros socorros está sempre disponível para quem está na festa.

Carnaval de Salvador

Em meados da década de 50, Adolfo Dodô Nascimento e Osmar Álvares Macêdo, criaram a Fobica. A princípio, a fobica era um automóvel antigo aberto e modificado para suportar apresentações musicais. Assim, Dodô e Osmar decidiram sair pelas ruas da cidade de Salvador para tocar suas músicas no calhambeque adaptado.

carnaval de salvador

Foi a partir dessa ideia que o trio elétrico nasceu e se popularizou. 2 anos depois, o termo se tornou genérico e se referia a um caminhão ou ônibus que transportava músicos pelas ruas do carnaval baiano.

Foi assim que a tradição do mês de março se espalhou para os quatro cantos da cidade. O carnaval de Salvador pode ser divido em partes/atrações, confira:

  • Blocos: os blocos carnavalescos são grupos de pessoas que pagam para poder participar do carnaval ao lado dos trios elétricos.
  • Abadás: Os abadás são uma espécie de camisa que serve para diferenciar com cores, desenhos e logotipos o grupo de participantes de cada bloco carnavalesco. Só é possível participar de um bloco com a aquisição de seu respectivo abadá.
  • Trios Elétricos: são os caminhões adaptados com sonorização para shows de samba, axé, frevo e outros. É um dos maiores do Brasil quando falamos em fenômenos de massa.
  • Circuitos: O desfile dos blocos carnavalescos normalmente acontece através de dois circuitos: o Circuito Osmar que começou em 1950 e percorre do Campo Grande até a Praça Castro Alves, e o Circuito Dodô, da Barra até Ondina, sai do Farol da Barra e chega à Praia de Ondina, num total de quatro quilômetros.
  • Músicas: Em cima dos trios, shows de diversos gêneros da música popular brasileira acontecem para animar a celebração! Ivete Sangalo, Chiclete com Banana e Luiz Caldas são grandes nomes do carnaval baiano.

Carnaval de Porto Seguro

Em Porto Seguro, o Carnaval é comemorado em diversos locais:

Carnaporto no Complexo de Lazer Axé Moi – o Carnaporto realizado pela Axé Moi é uma das maiores festas carnavalescas de Porto Seguro. Com cerca de 20 anos de tradição, o Carnaporto traz diversos artistas e músicos que agitam a festa de quem quer curtir a folia do Carnaval! O evento fica na Praia de Taperapuã e tem restaurantes com excelente gastronomia com um total de 200 m² de área.

Outro lugar interessante para se visitar no Carnaval de Porto Seguro é a Passarela do Descobrimento. No local, ocorrem diversas atrações para animar os foliões. A passarela ficou conhecida como Passarela do Álcool devido a grande quantidade de comércios (barraquinhas) de bebidas que que há ali.

Além disso, o Carnaval Cultural acontece em paralelo a Passarela do Descobrimento, e leva os participantes dos blocos carnavalescos a loucura. Esses desfiles tem muita tradição (mais de 40 anos) e Os principais bloquinhos são Bloquinho, Farrinha e Baguncetes.

carnaval de salvador

Arraial d’Ajuda

Você sabia que Arraial d’Ajuda também tem seu próprio carnaval? É o Carnajuda, que mistura diversos blocos carnavalescos em desfiles pelo distrito de Porto Seguro! Os principais blocos que passam pela Rua Mucugê e Broadway são os tradicionais Ladeira Abaixo, Bloco da Alegria e Melhor Idade.

E você, já passou algum carnaval na Bahia? Conte sua experiência nos comentários!  

Conheça o nosso conceito!

Facebook Comments

Precisa de ajuda?Fale conosco